MADE apresentará o melhor do design

colecionável com mais de 50 expositores

em SP

Evento acontece entre os dias 9 a 14/08 revelando criações

de nomes nacionais e internacionais

detalhes_e_panoramicas_2_web_ (1)

A MADE – Mercado. Arte. Design – chega a sua quarta edição entre os dias 9 a 14/08 trazendo um novo conceito, batizado de Paper MADE – espaço onde o papel é o suporte criativo para todos os artistas. O evento reunirá criações de mais de 50 nomes, possibilitando ao público visitante acesso a peças únicas ou em edição limitada dos melhores nomes do design brasileiro e mundial.

made_yankatu_biombo_jardim_credito.juan_guerra_web_

Made – Yankatu e o biombo jardim
Com expectativa de receber um público de 12 mil pessoas, a feira ainda apresenta grandes nomes do segmento que participam com instalações e exposições como Droog (o grupo de design homenageado do ano), Lina Bo Bardi (Projeto Talento Joia de Artista) e Superstudio por Jorn Konijn para Portobello. Designers como Claudia Moreira Salles, Inês Schertel, Carol Gay, Nicole Tomazio, Outra Oficina – Leo Capote + Marcelo Stefanovicz e Re.De.Sign por Bruno Simões também marcam presença nessa edição. Além das galerias Artemobilia, Belas Artes, Galeria Nicoli, Leo di Caprio e Ana Moreno e Vermeil.

made_lurca_azulejos_colecao_azul_preto_web_

Lurca: azulejos da colecao azul preto
Eles estarão ao lado de mais jovens designers que apresentarão, alguns pela primeira vez no mercado, suas criações e peças inéditas no espaço Coletivo. São eles: 80e8, Alva, Ana Neute, Andrea Bandoni, Bianca Barbato, Caio Lobo, Carol Gay, Casa Costillas, decarvalho atelier, Demian Quincke, Eduardo Borém e Rosa Pinc, Elmor, Estevão Toledo, Estudio Rika, Gabriel Bueno + Mobu, Gabbo Torres, Get Lost, Gustavo Bittencourt, Humberto da Mata, Leandro Garcia, Lurca Azulejos, Murilo Weitz, Outra Oficina, O Formigueiro, Paulo Goldstein Studio, Papelaria, Plantar Ideias, Ricardo Graham, Rodrigo Silveira, SuiteDesign, Vanconcellos Barreto, Rahyja Afrange Arquitetura + Design, Tiago Curioni Yankatu e Woo Design.

made_estudio_rika_cadeira_string__2__web_

Estudio Rika: cadeira string
Confira abaixo destaques e informações sobre as criações de designers que integram essa edição do MADE:
Galerias:
Artemobilia: Levará o trabalho do arquiteto Percival Lafer, que desde 1961, quando lançou sua primeirapoltrona procurou simplificar os detalhes das linhas de produção, reduzindo o preço final dos produtos e assim dar acessibilidade ao bom design, antes mais retrito as elites intelectualizadas ou pessoas de alto poder aquisitivo. Suas criações são marcadas por inovações técnicas e uma estética marcante, tanto pela leveza dos primeiros anos como pelo brutalismo impactante presente nos móveis criados anos 1970.
Belas Artes: A instituição vai apresentar peças desenvolvidas por alunos, criadas especialmente para o público infantil. O mobiliário, selecionado por um júri de professores e representantes da MADE, incluindo Waldick Jatobá, faz parte de um projeto desenvolvido no curso de Arquitetura e Urbanismo da Belas Artes, coordenado pela professora Denise Xavier, que reúne alunos que se dedicam ao estudo do mobiliário com enfoque na promoção do design inclusivo.
Claudia Moreira Salles/ Dpot: Lançado em 2013, o Banco Dominó Concreto, criação da designer Claudia Moreira Salles, ganhou em 2014 uma versão reduzida, com assentos mas estreito. Batizado Meio Dominó, o banco é perfeito para áreas externas e pode ser usado para dividir ambientes ou ficar solta no espaço. E o Mancebo Stand by é uma alternativa diferente à forma mais recorrente do móvel, uma tábua de madeira  maciça onde são inseridos pequenos sarrafos é unida de forma assimétrica a uma base cilíndrica de concreto
que dá estabilidade à peça, os ganchos faceiam a superfície da madeira e com um toque se abrem para o
uso, como uma alavanca de liga/desliga. Uma cumbuca de madeira, pousada na beira da base de concreto
serve para colocar as chaves.
Galeria Nicoli: A Galeria Nicoli foi concebida a partir de um conceito inovador, mas já em uso no exterior,
que traz para o espaço expositivo da galeria, além das artes plásticas, da fotografia e da escultura, o Design.
A galeria se posiciona apoiando e acreditando no potencial artístico do design, considerando justo colocá-lo,
em pé de igualdade, com as outras manifestações de artes visuais. Dentro do espaço da Galeria Nicoli
estarão expostos trabalhos da 80e8 Design, Outra Oficina, Andrea Macruz, Paulo Goldstein e Tiago Curioni,
todos representados pela galeria.
Outra Oficina – O conceito da peça surgiu de usar o prego, um material comum, de maneira insual. Na
cadeira pregos geodesia, os pregos são os protagonistas. São utilizados como elementos estruturantes a
partir dos quais toma forma a trama de sustentação da cadeira.
Andrea Macruz – Levará para MADE esculturas de parede feitas de mdf e esculpidas a laser. As esculturas
são extensões do design das mesas d.ir, também criadas por Andrea. Apresentam os mesmos relevos,
baseados na palmeira leque, criados por linhas que saem de um ponto central e vão mudando de direção,
conforme se aproximam do seu perímetro, como se encontrassem obstáculos no meio do caminho que as
redirecionassem.
Paulo Goldstein – Levará uma poltrona, ainda sem nome, construída a partir de materiais e objetos
descartados. Entre eles, econtram-se mangueiras de incêncio e partes de um mesmo berço de madeira que
já cedeu suas peças para a fabricação de um objeto "irmão" da poltrona, a "Luminária DS".
Tiago Curioni – O designer busca o conceito do minimalismo e na racionalidade da matemática a inspiração
para sua nova peça, "Hashi" – Uma luminária de piso que provoca os sentidos e a imaginação com seu
caráter lúdico e imprevisível.
Leo Di Caprio/ Ana Moreno: Durante a MADE 2016, a AuCap apresentará, uma coleção de mobiliário
desenhada por Leonardo Di Caprio, diretor artístico da AuCap (marca brasileira de mobiliário, nascida da
associação entre Ana Moreno, da Augusta Moreno e Leo Di Caprio). A marca combina o sincretismo cultural
brasileiro com design contemporâneo. Logo, as peças de mobiliário trazem em si uma estória, uma ideia
traduzida em algo visível que gera emoção. O verdadeiro conceito de mobiliário de luxo brasileiro.
Re.de.sign por Bruno Simões: O Re.De.Sign é um programa de residência artística idealizado por Bruno
Simões para atrair jovens designers internacionais ao país. Para a MADE terá a apresentação dos trabalhos
do primeiro participante selecionado – norueguês Magnus Pettersen. Redesign significa reformular o desenho
de algo, repensar o equilíbrio entre valores estéticos e funcionais a partir de novas experiências e conceitos.
Através do estudo e experimentação contínuos das qualidades de certos materiais, como concreto, vidro e
madeira, o artista segue uma espécie de fórmula para a combinação de formas geométricas que podem
gerar diferentes objetos e modelos. O concreto se destaca, pois segundo o próprio Magnus "sua intensidade
e brutalidade geram uma expressividade crua e vívida muito interessante". É justamente esse material que
fornece ao trabalho uma tensão entre o universo abstrato e o concreto.
Vermeil: A Vermeil, marca símbolo da alta marcenaria com 40 anos de tradição, e a Empório Vermeil,
marca conhecida por sua cautelosa seleção de produtos assinados por jovens e renomados designers
nacionais. Produzidos com matéria-prima e acabamentos de alto padrão, a Vermeil vai apresentar móveis
assinados por designers como Fábio Stal e João Pedrosa. Minimalistas e luxuosas, produzidas em madeiras
raras, a Chaise Afrique, a Escravaninha Cinta e o Armário Indian Summer são as peças selecionadas. A
Empório Vermeil firmou parceria com a dupla carioca Pedro Moog e Leonardo Lattavo, da Lattog, e vai lançar
a coleção "Resíduos Processuais", uma série limitada de quadros com "sobras de materiais" utilizados no
desenvolvimento de protótipos e peças de designers.
Expositores 4m²:
Além dos expositores descritos abaixo, estarão presentes também Ana Neute, Estevão Toledo, Gabbo Torres,
O Formigueiro, SUITE design e Woo Design.
80e8: "Nossa oficina é palco de experimentações, testes e buscas por novos métodos de produção, de
forma que o desenvolvimento do objeto é tão importante quanto o resultado final". Seguindo a ideia de que
nada se perde, tudo se transforma. Projetaram e desenvolveram uma fundição de metais para explorar o
alumínio.
Andrea Bandoni: A designer traz para a MADE a continuação da série Seringueira, na qual foram feitos
objetos com o látex amazônico junto à madeira da mesma árvore. Rubber Soul vai além, misturando
borracha com metais, experimentando dobras e desenhos, luz e sombra.
Caio Lobo: Misturar artes plásticas a criação de móveis sempre foi natural para Caio Lobo, artista de
móveis, como prefer ser definido, considera complexa a desassociação da arte e do design de produtos.
Procura criar seus móveis, a partir de um olhar estético aguçado que soma sua competência técnica a uma
relevante compreensão artísitca.
decarvalho atelier: Nasceu da necessidade inquietante do arquiteto Bruno de Carvalho em produzir suas
peças que até então estavam apenas traçadas em seus cadernos. A busca empirica do uso de materiais
diversos resulta em peças inusitadas e elegantes. A maneira como consegue combinar e traçar novos
angulos dos materiais utilizados em conjunto com os detalhes pensados minuciosamente surpreende no
resultado final.
Demian Quincke: "Minha criação é inspirada na beleza das drusas naturais. Utilizo pontas de quartzo
natural bruto que encaixo como um quebra cabeça sobre bases de metal. A energia das pedras e a luz que
flui através delas gera uma experiência sensitiva única".
Eduardo Borém e Rosa Pinc: Unem seus olhares, criatividade, sensibilidade e arte para apresentar na
MADE uma série limitada que materializa essa amizade e parceria pela afetividade, pela ressignificação e
pela coragem de tornar público emoções íntimas. Propõem, então, a união dos cacos de cerâmica de anos
da bela produção de Rosa, com o mergulho profundo numa pesquisa artística de Eduardo sobre seus cacos
emocionais, sobre paisagens sentimentais, sobre seus relacionamentos do passado.
Gabriel Bueno: Tendo em vista sua formação em Interior de Design, a prioridade continua sendo design de
mobiliário e interpreta o design de interiores como um dos componentes de seu trabalho e não seu foco. O
contexto espacial é um dos principais elementos a serem considerados durante o desenvolvimento de uma
peça. Na MADE será apresentado o Rack Lina, um módulo com diferentes nichos de acordo com a
necessidade e espaço da pessoa. O conceito surgiu do ritual de chegar em casa e se "desequipar" (celular,
chave, carteira e etc.).
Get Lost (Gabriel Freitas e Tiago Volpato): Os designer começaram a parceria em janeiro de 2014.
Tomando as dúvidas e incertezas do ínicio da carreira profissional como tema, criaram a coleção get lost, o
que acabou dando o nome ao estúdio. Na quarta edição da MADE, a dupla apresentará a coleção .shh.,
resultado de uma experimentação com o tema do silêncio no processo projetual.
Humberto da Mata: Dedica-se a pesquisa de design com materiais e métodos construtivos inusitados,
desenvolvendo e produzindo peças em pequena escala e com ajuda de artesão e pequenas industrias locais.
Para a MADE ele criou a mesa louceiro, feita com pratos de porcelana inglesa antigos e estrutura de aço com
pintura eletrostática.
Leandro Garcia: Procura desenvolver projetos singulares e exclusivos. Os projetos sustenta-se em soluções
racionais e funcionais, que exploram a essência das formas na concepção do objeto e/ou do espaço. A Mesa
de Centro Tocos é composta por um espesso tampo de vidro quadrado com vértices arredondados, cuja
transparência destaca e deixa totalmente a mostra seus pés de formato cilíndrico, que podem ser de
diferentes materiais e acabamentos, numa mesma peça. Espaçadores e botões metálicos são os detalhes
que fazem a conexão entre tampo e pés.
Nicole Tomazi: Uma mistura do urbano com a natureza, a skyline da cidade e da floresta. A nova coleção
nasceu do meu aprofundamento na pesquisa volumétrica do fazer manual. Da condição da designer de
naturalista que vive na cidade. Da possibilidade de cada um enxergar o que quiser nos labirintos de tramas
que se apresentam em forma de painéis têxteis de parede, de centros de mesa e de vasos decorativos. Que
são corais, que são válvulas, que são cidades e também florestas.
Estúdio Nolii (Andrea Macruz): é um estúdio de arquitetura, interiores e design de produtos, fundado em
2010, que utiliza sistemas computacionais avançados. A peça que será apresentada na MADE chama-se L.ne,
um biombo que pode ser curvado, modificando seu desenho, formado por partes vazadas na madeira. Pode
ser feito em madeira freijó ou pinho.
Paulo Goldstein: O trabalho desenvolvido é uma celebração ao conserto através do trabalho artesanal.
Inspirado por erros, complexidade e suas consequências. Paulo desenvolveu uma metodologia de reparos
que usa conceitos de sistemas quebrados para consertar objetos quebrados. Sustentabilidade, imperfeição e
controle são assuntos recorrentes em sua pesquisa.
PAX-ARQ: A Linha Maré é antes de um objeto utilitário, um conjunto de intenções que originam peças
objetivas. Reutilizar os resíduos de madeira que são aplicados para construção de edificações e transformá-
los em objetos práticos do dia-a- dia.
Rahyja Afrange: Com base na estrutura lógica de cada material, o seu método de trabalho é guiado pela
estética, funcionalidade e simplicidade. Hoje divide seu tempo entre Arquitetura, Interiores e Design
inspirada pela filosofia "viver bem em ambientes encantadores".
Ricardo Graham/ Oebanista: Artesão especializado na produção de peças feitas em madeira. Chamado
de ‘oEbanista", elabora peças em madeira maciça, explorando as técnicas de encaixes e as madeiras
tropicais.
Roberta Rampazzo Design: A designer criou a Mesa Infinity em parceria com a empresa Vidrotec. A
simplicidade da parte externa causa contraste com o jogo de reflexo intrigante e lúdico da mesa que
surpreende o observador por sua estabilidade imprevisível e seus diversos ângulos. A Poltrona Smart, feitas
com traços simples e puros é um convite ao sentar, ao refletir. Sua inclinação faz parte de uma geometria
que une forma e função. E a Mesa Chakra, criada com traços simples e expressivos, reflete a constante
busca pelo equilíbrio material e espiritual.
Tiago Curioni: O Banco Angel é branco, tem duas asas e parece que levará vôo a qualquer momento, o
conceito representa o conceito de design/arte. A Poltrona Solaris é inspirada no movimento de rotação da
Terra ao redor do Sol, escultórica e de forma singular, aposta na ergonomia para manter o conforto. A
luminária Madame Mim brinca com o lúdico e com a imaginação, parece uma vassoura que alguém
esqueceu, mas basta ligá-la para que o cabo se transforme em um emissor de luz. A Adega Paicere também
é um porta cápsula de café. Pensado para quem curte os pequenos prazeres da vida e gosta de receber
amigos em casa. E a Poltrona Noemia foi criada em homenagem ao avô do designer, foi inspirada nas
antigas poltronas com orelhas e na tradicional técnica do espaguete.
Vanconcelos Barreto (Juliana Vasconcelos e Matheus Barretos): O Console Ghost e a Mesa de
Centro Ghost, foram criados com inspiração futurista dos anos 60 e 70, as peças tem curvas sensuais e
estéticas atemporal com acabamento em aço inox escovado.
Expositores 10m²:
Além dos expositores descritos abaixo, estarão presentes também Alva, Bianca Barbato, Murilo Weitz,
Papelaria
Carol Gay: O Banco NoAr tramado e hexagonal foi produzido em borracha e é preveniente de reciclagem da
indústria de pneus. O material é tratado por uma empresa recicladora e depois costurado e trançado por
uma assosiação de costureiros. A linha CaramBola é uma continuação da linha Bola e as experimentações
com o sopro livre do vidro em um molde externo. Como o vidro não é soprado dentro de um molde cada
peça tem uma forma única. A coleção é composta de vaso, luminária de piso, pendente e vaso.
Casa Costillas: O projeto do aparador Layla teve início pelo tampo, explorando suas características únicas e
oferecendo a possibilidades de criar uma estrutura desafiadora. A cada ângulo de visão, a peça oferece
novos detalhes.
Elmor: O arquiteto e urbanista Jorge Elmor consolida sua trajetória no design assinado com peças que serão
lançadas na MADE, voltadas para lojistas e para o consumidor final, respectivamente. A Luminária DOTS é
assinada pelo arquiteto Jorge Elmor e o designer Alberth Diego, o objetivo era produzir uma peça versátil
que não precisasse de quebras na instalação. Surgindo assim a ideia da "corda eletrificada", que permite
posicionar o ponto de luz distante da entrada de energia.
Studio Rika: O processo criativo é a soma das experiências diárias, buscando sempre máxima interação
entre forma e materiais que cercam a natureza e o cotidiano. A Mesa Lateral String foi inspirada na técnica
de artesanato onde desenhos são criados através de linhas e pontos. A Cadeira String tem o encosto e o
assento composto pela trama que sustenta a pessoa sentada. O banco escorredor teve como inspiração
utilizar material pronto, comum em cozinhas. E a cadeira Grelha foi pensada para área externa, partindo de
um sistema estrutural vazado ligado por barras de aço soldados uma a uma.
Gustavo Bittencourt: O designer apresenta a banqueta, banco e cadeira da Linha Laila, onde teve
inspiração no modernismo brasileiro. A madeira para dar calor, o toque, a palhinha pela leveza, conforto e
transparência. O Banco Piano foi inspirado nos antigos pisos de madeira, nos seus encaixes, texturas,
remetem ao tradicional valorizando a cultura.
Inês Schertel: Levará para a MADE "peças confeccionadas 100% em lã de ovelhas. O processo mágico das
fibras e a elaboração das peças uma a uma conferem um resultado único e exclusivo". Inês chama o
trabalho de slow design e segue uma linha confortável minimalista, com aquela pureza insinuante de
descobertas feitas ao acaso e repletas de storytelling.
Murilo Weitz: A nova coleção leva o nome de TRANSI.NOX, faz uma junção com a etimologia das duas
palavras: TRANS – elemento que significa além de, e INOX – redução de inoxidável. Para desenvolver os 6
objetos conceito, Weitz mesclou a matéria prima das arestas de inox com cordas de poliester nas cores preta
e vinho, elástico cirúrgico e mangueira de lâmpada de led revestida com corda branca
Lurca Azulejos: A Coleção Azul & Preto será lançada durante a MADE, são duas novas opções de
montagens, uma só com azulejos em Azul e a outra em Preto. O "Kit Azul" foi desenvolvido com linhas retas,
enquanto o "Kit Preto" compõe curvas. A nova coleção reforça a proposta de criar expressivos painéis
compondo desenhos geométricos aparentemente simples.
Plantar Ideias: A ideia é criar uma praça no jardim, mesclando pisos hexagonais em concreto com
vegetação tropical, pedriscos e grama. Um jardim bem orgânico onde estarão colocados as peças. Os
patrocionadores do jardim serão as empresas Stone e Campineira.
Rodrigo Silveira: Designer e marceneiro. Desenha e produz peças de mobiliário com linhas racionais,
madeira maciça, técnicas de marcenaria tradicional e uma constante preocupação com a durabilidade de
suas criações, seja pela qualidade da produção ou pela atemporalidade dos seus desenhos.
Yankatu: Revelar histórias inspiradoras, ressaltar o valor cultural mineira e redescobrir a essência do
design, em um mergulho pela beleza pura das formas, tonalidades e nuances. A Coleção Jardim, exalta o
olhar mineiro sobre a vida, em um desejo de trazer para os centros urbanos a delicadeza, leveza e encanto
da vida interiorana, beleza nativa e histórica.
Instalações
Além das instalações descritas abaixo, estará presente também a Tok&Stok e Nuvem por (In)vasão para
Persol.
Untitled por Hot Tea (Eric Rieger) para Melissa: Nesta temporada, a Melissa desdobra e expande o
projeto de sua Galeria em São paulo, mantendo a conexão com o mundo do design e das artes. A marca
apresentará uma instalação especial, que abordará o melhor do segmento dos estilos vintage ao
contemporâneo. A obra, é assinada pelo artista americano HOTXTEA, que traduz sua visão sobre o conceito
que engloba a nova coleção da marca: MASH UP, uma mistura de épocas, ritmos e estilos que traz para a
moda a união do passado e do presente.
Attilio Baschera e Gregório Kramer para Donatelli + 6F+ Theodora Home: Trata-se de uma
homenagem artes feita pela dupla de designers gráficos que há quase 50 anos criam e desenvolvem juntos,
numa parceria de trabalho, vida e muito respeito. Attilio e Gregório foram instruitos a criar uma instalação
em tamanho real onde mostrará o carinho do atelier criativo deles. Será um espaço expositivo patrocinado
por essas três empresas onde estará a mostra objetos, livros, desenhos e fotos que compoem o dia a dia
criativo da dupla.
Superstudio Revisited por Jorn Konijn para Portobello: O Superstudio foi um estúdio radical de
arquitetura fundado exatamente há 50 anos. O estúdio é conhecido pelo conceito de monumento contínuo,
um grid que, ao criar um espaço neutro, era colocado sobre uma paisagem existente. Cinquenta anos
depois, as ideias continuam sendo extremamente relevantes; em um momento no qual a polarização é
norma e as nuances cada vez mais raras, a exposição Superstudio Revisitado cria o grid neutro e atualiza
colagens para a sociedade brasileira atual. Essas novas imagens ilustram a crescente complexidade de
problemas que arquitetos e designers vêm enfrentando, seja em 1966 ou 2016.
Galer(it) por Contain-it para Baró Galeria: O sistema construtivo é o conceito do projeto que a
contain[it], hub de soluções inovadoras que combina urbanismo, arquitetura e design e ainda é referência na
transformação de contêineres marítimo, parklets e no desenvolvimento de mobiliário urbano, apresenta
durante a MADE.
Exposições:
Além das exposições descritas abaixo, estará presente também os Artistas sem Galeria para Paper Made e
TOD(X)S.
From Screw to City por Droog – Designer do ano: Referência mundial em design e criatividade, o
coletivo holandês Droog apresentará a exposição "From Screw to City’, inédita no Brasil, como parte da 4ª
edição da MADE. A mostra, com patrocínio da Carbono Design, reunirá o legado de 23 anos de história do
grupo, capturando diferentes dimensões da vida humana como revela o título da atração "Do Parafuso à
Cidade", em tradução livre.
Lina Bo Bardi – Projeto Talento Joia de Artista: Em 2016 a Talento dá início ao projeto Joia de Artista,
uma iniciativa que pretende pelos próximos cinco anos cruzar o universo artesanal da joalheria com a
produção de artistas emblemáticas na cultura brasileira. A primeira contemplada é a arquiteta Lina Bo Bardi.
Lançado em agosto, na Casa de Vidro, em SP, morada de Lina e Pietro por 40 anos e sede do instituto, o
projeto tem curadoria de Waldick Jatobá e Johanna Birman e conta ainda com a participação da designer
Claudia Moreira Salles, que desenhou o estojo onde a joia será acoplada. Inspirada na cadeira Frei Egídio, de
autoria da arquiteta, ela funciona como porta-joias e display e mantém as características marcantes de Lina,
como o uso de sarrafos de madeira e articulaçoes embutidas.
Caro Barro por Sep Verboom para Artesol + Beleza Design: A Sep Verboom apresentará na MADE um
trabalho realizado em parceria com artesãos das comunidades do Vale do Jequitinhonha (MG), através de
parceria com a Artesol, proporcionando aos moradores e artesãos um intercâmbio de conhecimentos e o
desenvolvimento de novos produtos. Este projeto faz parte da criação da primeira residência de design
internacional idealizada pela MADE e em parceria com a Artesol.
Restaurante
O Restaurante Quattrino foi escolhido para representar a MADE na gastronomia com pratos de inspiração
contemporânea e Italiana que fazem homenagem a nomes consagrados do mundo da arte/ designer
presente na MADE.
Serviços:
MADE: Mercado. Arte. Design.
09 a 14 de agosto
08 de agosto: abertura exclusiva para imprensa, a partir das 16h.
09 a 12 de agosto: das 13h às 21h – entrada gratuíta
13 de agosto: Das 12h às 21h
14 de agosto: Das 12h às 20h
Valor do Ingresso: Terça a Quinta: Entrada gratuíta
Sexta a Domingo: R$20,00
Meia entrada para idosos e estudantes: R$10,00
Programação de talks:
9/08 – 18h: palestra sobre Design Essencial com o Designer do Ano, Marcelo Rosenbaum
13/08 – 18h: palestra sobre o processo criativo e influência de Achile Castiglioni no cenário internacional com
sua filha, Giovanna Castiglioni
14/08 – 18h: mesa redonda sobre com os designers/ artistas Cumulus + Femke van Gemert + Jorn Korijn,
com moderação de WaldickJatobá.
15/08 – 17h: mesa redonda sobre arte indígena, com moderação de Tomas Alvim.
*vagas limitadas (50 lugares).
Local:
Jockey Club de São Paulo – Av. Lineu de Paula Machado, 1.173 (vallet no numero 1.263) – Cidade Jardim,
São Paulo

Copyright by Mix Editores Associados