COBOGÓS GEOMÉTRICOS, RELEVOS,

ESTAMPAS MODERNISTAS E PEDRAS

NATURAIS EMBALAM AS NOVIDADES

DOS REVESTIMENTOS

COBOGÓS – A solução arquitetônica utilizada em fachadas ou como divisórias internas, não é novidade. Existe desde os anos 1950 mas agora foi modernizada com os acabamentos cimentícios e as formas mais geométricas. este ano na Expo Revestir, importantes marcas (Portobello, Eliane, Palazzo, Castelatto, Solarium, para citar alguns) investiram nestes acabamentos com resultados lindos que podem dar um up na casa. Veja os que mais se destacaram:
Palazzo Cobogó Finestre da Palazzo – O primeiro cobogó da marca possui linhas retas. É um elemento vazado usado para dividir ambientes, porém, sem esconder o lado contrário. Com alto padrão de acabamento, a peça se destaca por agregar luminosidade e favorece a circulação de ar. Fabricado nas cores Branco e Cinza, tem formado quadrado de 50 x 50 cm. Um dos diferenciais apresentados pela grife na Expo Revestir diz respeito às tecnologias usadas na fabricação. Os produtos da marca Palazzo podem ser fabricados com a tecnologia Mais Leve que reduz em 40% o peso das peças, facilitando o transporte e a instalação.
Cobogó Itaoca da Passeio Revestimentos –  tem um padrão bem geométrico executado em cimentício assinado pela arquiteta Lilia Sodré. O desenho das peças faz um jogo com os quadrados que se alternam de lugar e apresenta inclusive opção em que o quadrado pode ser usado como suporte para vasos de plantas ou objetos, o que deixa a criatividade livre para criar um jardim vertical  ou um painel com objetos decorativos. A vantagem é que a instalaçnao é feita com encaixe o que dispensa rejuntes e massa de assentamento.
Solarium_EF_Cogobo
Cobogó Leno da Solarium – Pela primeira vez trabalhando com revestimento cimentício, o designer Zanini de Zanine assina  para a Solarium Revestimentos uma linha de cobogós. Para criar o produto, o profissional buscou referências na pesquisa de formas, com grande influência na obra de Athos Bulcão, quem conheceu ainda criança, em Brasília. O cobogó Leno é uma peça que pode ser aplicada em qualquer espaço como divisória de ambientes internos ou fachadas.
RELEVOS – As paredes nunca mais serão as mesmas com a infinidade de novos lançamentos de porcelanatos e cimentícios tridimensionais. Geometrias, formas orgânicas e sobreposições estão no centro das atenções.
Palazzo_DrixDrix Palazzo – O revestimento Drix tem linhas retas que revelam seu verdadeiro desenho após a paginação, formando uma interessante ilusão de múltiplos quadrados. O produto, de 60 x 60 cm, conta com linhas fortes e relevo marcante. Ele é produzido nas cores Branco, Cinza e na nova opção Off White.
15 - Coluna_3 cópia
Colonna Castelatto – As colunas são elementos fundamentais na arquitetura, com funções estruturais e decorativas. Inspirada nelas, a nova linha de revestimentos Colonna se junta aos elementos vazados da Castelatto trazendo seus surpreendentes e incomparáveis efeitos de volumetria e movimento únicos. Seu formato em espiral favorece e valoriza os ambientes em que é aplicado, gerando harmonia e elegância em áreas internas e externas. A marca também lançou este ano a linha Collors Collection com a possibilidade de revestimentos que unem texturas e cores mais intensas.

1 - Matelasse Black - da Biancogres (ambientacao)

Porcelanato Matelassê da Biancogress – O matelassê, técnica que agrega relevo e textura aos tecidos, consagrada por Coco Channel, ícone da moda em todos os tempos, inspirou essa criação. A proposta é uma parede tridimensional, a partir de um padrão geométrico simples, porém não menos elegante. Em três padrões de tonalidades: Porcenato Matelassê Bianco, Porcenato Matelassê Black e Porcenato Matelassê City (textura cimentícia). As peças medem 53×106 cm retificado e tem acabamento em relevo tridimensional.
Portodesign - Cole+º+úo Pyramid Blue Navy (parede)
Coleção Pyramid da Porto Design – O grande diferencial das coleções Frizz e Pyramid é o relevo com efeito tridimensional na superfície, lembrando uma escultura e proporcionando uma textura inovadora. Podem ser usados em qualquer ambiente, garantindo a valorização arquitetônica do espaço. Outro diferencial que estas coleções possuem é a iluminação, resultando em um efeito cênico no ambiente. Disponível com dois acabamentos de superfície: mate e brilho.
ESTAMPAS – O universo modernista inspirou muitos dos novos produtos que trazem estampas nos acabamentos, seja sobre o porcelanato ou sobre a cerâmica.
A Pointer, marca do grupo Portobello ampliou a coleção ‘Morada Brasileira: Cotidiano’ e traz novamente a dobradinha Marcelo Rosenbaum e Paulo Biacchi, de O Fetiche, que incrementam a linha Raízes. Ao todo são quatro novas opções de ladrilhos, que fazem uma fusão entre o novo e o tradicional. A linha foi lançada em 2016 e teve os produtos Azul Céu, Mar e Terra como vencedores na categoria Construção na 30ª edição do prêmio Design do Museu da Casa Brasileira. Assim, a arquitetura moderna brasileira com sua azulejaria e linhas geométricas é destacada pela marca. Porcelanato Urban Modern Biancogress – A arte singular de Athos Bulcão, ícone da arquitetura modernista brasileira, é a referência para o Porcelanato Urban Modern. A composição das cores e os traços arrojados das figuras geométricas resultam numa verdadeira obra de arte, que retrata uma época de ouro de nossa arquitetura. Porcelanato Digital. 60×60 cm retificado e acabamento acetinado.
eliane-munari-mix-blue-ma-45x90cm_amb Munari Shadow da Eliane – Em uma releitura do tradicional ladrilho hidráulico, o porcelanato Munari Mix Blue nasce atemporal, neutro e versátil, criando um mood sóbrio com geometria assimétrica que prima pelo minimalismo. A estampa geométrica de diferentes tons de cinzas e azuis causam um efeito tridimensional que dá profundidade à peça
CORES ESPECIAIS
Le Corbusier foi um artista completo de estilo inconfundível, seja na arquitetura, no design, na escultura, pintura e até no design de móveis. Le Corbusier dá nome à nova coleção da Portobello que remete ao concreto, indicado para áreas de grande circulação e residenciais. Mas o destaque da linha vai para a Policromia Arquitetônica criada pelo arquiteto, uma escolha estruturada e artística de pigmentos, baseada na harmonia das cores. São 63 tons, divididos em dois conjuntos: o primeiro, com 43 tonalidades suaves e, o outro, com 20 mais ousadas. Todas notavelmente combináveis entre si. Desse total, 12 foram selecionadas para a nova coleção, além de duas bases que são variações do cimento: Beton Blanc e Beton Gris.
 OS NATURAIS

O arquiteto e paisagista Alex Hanazaki assina a coleção Aga, lançamento de destaque da Eliane Revestimentos. A beleza atemporal da matéria crua,  serviu como inspiração para o desenvolvimento de sete tonalidades marcantes que constituem a coleção: a cor Zen, que confere vida a um ambiente tranquilo e leve. Disponíveis no formato 90 x 90 cm, a versatilidade da coleção permite que os porcelanatos sejam utilizados tanto em espaços internos, como externos, em pisos e paredes.
9 -Portinari Vecchio DBW bx(2)
Vecchio Portinari – As malas de madeira antigas, com cantoneiras de metal já oxidado, que eram usadas em antigas viagens de trem, inspiraram esta coleção. O resgate do sentimento saudosista e das boas memórias, tornam esse artefato ainda mais especial para uso na arquitetura e decoração. O visual do porcelanato expõe o desgaste da mala, causado pelas viagens ao longo do tempo e confere um toque vintage com muito charme aos ambientes atuais. São apresentadas nos formatos 100X100 ou  60X120.

 

Copyright by Mix Editores Associados