A principal tendência do Salão de Milão

é não apontar para nenhuma tendência

z_quadrado-gallery-02

O arquiteto brasileiro Marcio Kogan assina para a Minotti o sistema Quadrado com base em madeira teca e encosto em fibra.  As peças são modulares e componíveis e por isso facilmente adaptáveis a qualquer espaço

Se uma coisa ficou muito clara neste Salão do Móvel de Milão, gigante empreendimento da indústria moveleira e do design mundial, é que a principal tendência que teremos que lidar nos próximos anos é justamente entender que não há mais tendência. Sem fórmulas de consenso para traduzir os desejos do mercado, dá pra afirmar que chegamos (finalmente?) ao livre pensamento. Nem foi preciso andar os 200 mil metros quadrados dos pavilhões de Rho para perceber que palavras como liberdade, emoção, estilo de vida e personalização assumem a cena daqui pra frente.

Salone del Mobile 2018_2303059_preview

Stand da Vitra no Salão do Móvel de Milão

“Eu concordo”, diz Claudio Luti, o empresário que carrega a dupla função de responder pela presidência do Salão Internacional do Móvel de Milão e da italiana Kartell (marca presente em 140 países). “Nunca gostei muito de falar em tendência. É reduzir a um espaço de tempo definido, uma função tão ampla como o design. O bom design é bom agora e vai ser bom pelos próximos 20, 30 anos, ou mais”, argumenta. Sempre atentos ao vai-e-vem do consumo e do comportamento, o Salão lançou agora pela primeira vez em 57 anos o seu “manifesto”, uma cartilha de intenções que vem em defesa do Made in Italy e, claro, a palavra escolhida para representar toda esta onda foi “emoção”.

Lissoni_-I-TABLE_02

O designer e arquiteto Piero Lissoni ao lado do presidente do Salão do Móvel, Claudio Luti : emoção e design smart

Um olhar mais apurado me diz que o bom design então, aquele durável,  soluciona problemas do momento e oferece um passo para o futuro. No estande da Kartell encontro um lançamento-ícone que resume bem a ideia: a mesa I-Table, assinada por Piero Lissoni para a Kartell, tem superfície de vidro e cumpre sua função de suporte para trabalho, refeições, reuniões, mas também se transforma em cooktop com duas posições de indução inseridas no tampo. Basta ligar na tomada quando necessário. Outros lançamentos mostram a conectividade a favor do conforto como a cama da Hi-Interiors que regula a temperatura do colchão e até desliga a TV se você cair no sono antes do final do filme.

I-TABLE_021s

A mesa I-Table, de Piero Lissoni para a Kartell

Se vivemos conectados na maior parte do tempo, é natural que a nossa casa também faça parte deste universo “smart” com móveis que pensam a nosso favor e se adaptam ao nosso jeito de viver. Prova disso são as cozinhas que em sua maioria nesta edição, adotaram a versão “free standing”, ou seja, nem mesmo elas precisam ficar paradas em um lugar. Desgrudadas de paredes e piso, os diversos módulos da cozinha assumem configurações variadas desde unidades autônomas e ultra-compactas como as mostradas pela Sanwa até as super-flexíveis cozinhas da Leicht.

839-257-D01-120-374-j17

Conceito “room in room”  com cozinha free-standing apresentado na Eurocucina pela Leicht

Quando não há porque caçar tendências e transformar a casa em uma vitrine, o olhar passeia de uma maneira mais divertida. Móveis robustos, com aparência quase artesanal como a poltrona Carve desenhada por Paola Navone para a Gervasoni –inteiramente esculpida em mogno que se assemelha a uma escultura tribal– convivem com linhas finas e sutis dos lançamentos da Living Divani — Pebble e Tombo, ou da Porro — prateleira Gap.

CARVE-07-Gervasoni-336848-relf10ef6d1

Poltrona Carve, desenhada por Paola Navone para a Gervasoni

Porro_Duriniquindici_10

Prateleiras Gap para livros e objetos, design de  Carlo Tamborini para a Porro, que também funcionam como balizadores para áreas pouco iluminadas ou de passagem da casa como corredores e galerias

living divani

Acessórios da Living Divani: à esquerda cabideiros Tombo, design de Junpei & Iori Tamaki; à direita, aparador Pebble, de Lanzavecchia & WaySalone-Adrenalina-AR
Stand da Adrenalina

Salone Lago

Quarto projetado pela Lago

Salone-CCTApis

Os tapetes com formas e texturas inovadoras da CC -Tapis

About the Author

Celia PacciniView all posts by Celia Paccini

Copyright by Mix Editores Associados